Cerca de 20 mil litros de diesel foram parar em rio após tombamento de carreta na BR-101, na Paraíba; multa a empresa pode chegar a R$ 50 milhões

A empresa responsável pela carreta de combustível que tombou nas primeiras horas desta sexta-feira (28), na BR-101, KM 114, no trecho que passa pelo município de Caaporã, na Paraíba, será notificada e multada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) da Paraíba. A estimativa é que houve um derramamento entre 15 a 20 mil litros de diesel. O órgão vai verificar o dano ambiental provocado e para esses casos a multa varia de R$ 500 a R$ 50 milhões.

O chefe da Divisão Técnica do Ibama-PB, Geandro Guerreiro, informou ao ClickPB, que uma equipe está no local do acidente verificando o dano causado pelo derramamento de combustível na localidade. “Vai ser feito um laudo, ver a dimensão do impacto ambiental e será tomada as medidas cabíveis”, revelou, destacando que a empresa terá que recolher o diesel derramado e conter o vazamento, se ainda persistir.

Ainda segundo Guerreiro, ainda não tem como estimar o valor que a empresa pagará pelo dano, pois será necessário verificar se o combustível atingiu o rio, que passa pelas imediações, da dimensão do dano ambiental e o porte da empresa. No entanto, para esse tipo de crime ambiental está previsto pagamento de multa variando de R$ 500 a R$ 50 milhões.

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) comunicou, na tarde desta sexta-feira, que o sentido Recife-João Pessoa está completamente interditado para destombamento de caminhões. No início da manhã de hoje um caminhão carregado de botijão de gás tombou por volta das 04h55. Quinze minutos depois, o condutor da carreta de combustível para desviar do acidente anterior acabou perdendo o controle e também tombando na rodovia federal.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *