PF nega que o governador João Azevêdo tenha sido alvo da nova fase da Operação Calvário

A Polícia Federal, por meio delegado Conrado de Almeida, informou que o governador da Paraíba, João Azevêdo, não foi alvo de nenhum mandado de busca e apreensão na nova fase da Operação Calvário, deflagrada nesta terça-feira (27). Diferente do que foi noticiado por alguns veículos de comunicação, os alvos foram um operador de propina e pessoas ligadas ao conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba, Arthur Cunha Lima.

Em nota a Secretaria de Estado da Comunicação Institucional afirmou que o Governo do Estado e o governador João Azevêdo foram vítimas de fake News sobre o caso. E que as divulgações, em alguns veículos, coincidentemente ocorrem às vésperas das eleições municipais, que segundo ele, plantou informações de buscas e apreensões em decorrência da nona fase da Operação Calvário contra Azevêdo.

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *