Polícia apreende 70 kg de drogas e prende três suspeitos de tráfico

Cerca de 70 quilos de maconha foram apreendidos, na manhã desta quinta-feira (5), durante a Operação “Engenho Velho”, deflagrada pela Polícia Civil, em João Pessoa. Ainda houve a prisão de três suspeitos de atuarem no tráfico de drogas e apreensão de duas armas de fogo com munições, balanças de precisão e embalagens plásticas . O material ilícito foi encontrado em uma granja no bairro do Engenho Velho, na zona Sul de João Pessoa.

A ação é resultado de três meses de investigação realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Capital (DRE/JP). Segundo o delegado Bruno Germano, o grupo preso armazenava ilegalmente entorpecentes e armas e também atuava em homicídios e assaltos. “Conseguimos localizar essa quantidade de entorpecentes e duas espingardas, com esse grupo que é bastante violento. Tem autoria de vários homicídios e já trocou tiros com nossa equipe no ano passado, quando prendemos cinco pessoas. É um grupo que começou a migrar também para a prática de homicídios”, informou o delegado .

“Essa droga estava enterrada em um local onde se guardavam galinhas. Deu muito trabalho para a nossa equipe, mas conseguimos localizar o material ilícito “, completou.

Ainda de acordo com o delegado, os presos são considerados de alta periculosidade, responsável por vários crimes ocorridos em João Pessoa. “Eles são suspeitos de atuarem em mortes ocorridas nos bairros dos Funcionários II, III e IV e Rangel”, acrescentou.

Os presos serão interrogados e autuados por prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Eles serão encaminhados ao Sistema Prisional e ao Poder Judiciário. O material apreendido será submetido a perícias e, em seguida, incinerado.

 

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *