Adeus a Marília Mendonça: velório termina e multidão acompanha cortejo para enterro

O corpo de Marília Mendonça deixou o Ginásio Goiânia Arena na tarde deste sábado (6) para ser enterrado no cemitério Parque Memorial. Os cantores Henrique e Juliano, Maiara e Maraísa e Murillo Huff acompanham o caixão em cima do carro do Corpo de Bombeiros. Um tio dela também morreu no acidente aéreo e será sepultado no mesmo local.

Os caixões dela e do tio Abicieli Silveira Dias Filho deixaram o ginásio ao som dos versos “ninguém vai sofrer sozinho, todo mundo vai sofrer”, um dos mais famosos da cantora.

Uma multidão de fãs acompanha o cortejo até o local do enterro. Os corpos de Marília e do tio foram velados no ginásio entre 13h e 17h.

A cantora morreu junto com parte de sua equipe, da qual o tio fazia parte, na queda do avião em que estavam com destino a Caratinga (MG), cidade onde fariam um show, na noite na noite de sexta-feira (5).

Ainda não se sabe as causas do acidente. O Cenipa, da Aeronáutica, irá apurar o que houve. O avião decolou de Goiânia no início da tarde e caiu em uma cachoeira por volta de 16h.

Abicelí Silveira Dias Filho, tio e assessor, e a cantora Marília Mendonça — Foto: Reprodução/Instagram

Emoção no velório

Os corpos de Marília e do tio chegaram às 12h13 ao Goiânia Arena para serem velados. A cerimônia foi marcada por muita emoção por parte de familiares, amigos e fãs.

A mãe da cantora, inclusive, precisou ser amparada por Maiara. Após o fim de velório, os corpos saíram do ginásio em um cortejo até o Cemitério Memorial Parque.

De acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), a expectativa era de que mais de 100 mil pessoas passassem pelo local para dar adeus à cantora.

O Goiânia Arena tem capacidade para 11.333 pessoas sentadas, sendo 15 mil pessoas como lotação máxima. O anel superior suporta até 8 mil pessoas sentadas em arquibancadas.

Os cantores Henrique e Juliano e Maiara e Maraisa cantaram uma música gospel no velório de Marília Mendonça. Maiara falou com os fãs e familiares antes de cantar e disse que conviver com a artista foi uma honra.

“Foi uma honra para todo mundo aqui. Marília transformou a vida de milhares de pessoas. Foi uma mulher de grande coração, um anjo”, disse Maiara, chorando.

A dupla Henrique e Juliano parabenizou a equipe da artista e depois cantou a música “Flor e o Beija-Flor”. Eles gravaram essa música com Marília durante um show e virou clipe, que teve milhares de visualizações nas redes sociais.

“Muito obrigado a todos da equipe dela. Todos que estiveram aqui e por tudo que fizeram. Todas as vezes que vocês se desdobraram para entregar o melhor. Mas é aí quando a gente mostra o que é ser artista de verdade. Foram cinco vidas que se destroçaram”, disse Henrique.

Morte da cantora

Marília Mendonça e mais quatro pessoas morreram na tarde de sexta-feira (5) após o avião em que eles estavam cair em uma área perto de uma cachoeira na serra da cidade de Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais.

Além de Marília e o tio, também morreram o produtor Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior, e Tarciso Pessoa Viana, copiloto da aeronave.

Ainda não se sabe as causas do acidente. O Cenipa, da Aeronáutica, irá apurar o que houve. O avião havia decolado de Goiânia mais cedo. A cantora faria um show em Caratinga.

Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Entre os seus grandes sucessos, que a colocaram como uma das cantoras mais ouvidas do país, estão “Infiel”, “De quem é a culpa?” e “Eu sei de cor”. Ela deixa um filho, Léo, que completa dois anos em dezembro.

Post antes de embarcar

Cerca de duas horas antes da informação da queda do avião, a artista publicou um vídeo em suas redes sociais embarcando em um avião.

No vídeo, Marília brincou mostrando culinárias da região como a cachaça, queijo e pão de queijo. Além disso, ela publicou imagens almoçando dentro da aeronave. A cantor escreveu na legenda: “Fim de semana de shows em Minas Gerais”.

Fãs dão adeus

Fã de Marília Mendonça viaja a Goiânia para acompanhar velório da cantora, em Goiás — Foto: Camila Faraco/TV Anhanguera

O primeiro a chegar ao local viajou mais de 100 km para dar o último adeus. O estudante Davi Dyeimes Linares, fã da cantora Marília Mendonça, viajou a Goiânia para acompanhar a despedida para a cantora. Ele e a família foram os primeiros a chegarem no Ginásio Goiânia Arena, após percorrerem cerca de 131 km.

“A gente veio para dar a despedida à nossa grane Marília Mendonça e agradecer a ela por passar esses anos da vida dela cantando para a gente e alegrando nossos corações”, disse.

Uma fã passou mal e foi amparada por amigos enquanto aguardava a saída do corpo de Marília do aeroporto para o velório.

Por volta de 4h, o casal Jardeane Ferreira e Fernando Artur chegaram para esperar a abertura dos portões. Eles saíram de Aparecida de Goiânia para dar adeus a Marília Mendonça.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *