Adriano diz que vai dialogar com deputados que usam armas de fogo na ALPB e alerta que deve usar poder de revista para coibir

“Vamos dialogar com os deputados que dizem entrar armados na Assembleia para que eles mudem essa prática e não entrem mais armados. E, se for preciso, vamos usar até a tática da revista”. A declaração é do presidente da Casa de Epitácio Pessoa, deputado Adriano Galdino, ao comentar sobre a polêmica que envolve o uso de armas de fogo por parlamentares dentro do prédio.

Durante entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, Adriano afirmou que existe um dispositivo no regimento da Assembleia Legislativa que proíbe a entrada de pessoas em posse de arma de fogo, seja parlamentares ou funcionários nas dependências da Casa. Ele avisou ainda aos que resolverem insistir com a prática que deve haver poder de revista na entrada do prédio para coibir a prática.

“Nós temos um regimento interno e todos os deputados juraram respeitar, a Constituição Estadual e Federal e todos os 36 tem esse regimento. E ele diz claramente que nenhum funcionário ou deputado poderá entrar dentro da Casa de Epitácio Pessoa armado. Então vamos dialogar com os deputados que dizem entrar armados na Assembleia para que eles mudem essa prática e não entrem mais armados. E, se for preciso, vamos usar até a tática da revista”, afirmou.

“Agora é claro que eu não vou usar a força para proibir deputado de entrar dentro da Assembleia. Nós vamos revistar e se ficar comprovado que ele está armado, o responsável vai comunicar a Mesa Diretora e ela tomará as providências cabíveis para, de acordo com o regimento interno da Casa, tomar as providências sobre o fato”, concluiu Adriano Galdino.

 

Portal Paraíba

 

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.