Aglomerações no Carnaval podem levar ao fechamento de acesso às praias de JP,

O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, admitiu na tarde desta quarta-feira (17) que o acesso às praias João Pessoa poderá ser fechado nos próximos 15 dias como medida para evitar maior disseminação da Covid-19 devido as aglomerações ocorridas durante o carnaval e os reflexos dessas aglomerações poderão ser sentidos nos próximos 15 dias. “Dependendo de como a doença vai ser comportar, isso poderá acontecer ”, disse o secretário durante entrevista ao Programa Rede verdade do Sistema Arapuan de Comunicação.

“A perspectiva é muito ruim. As pessoas se aglomeram com bebidas, perto umas das outras, correndo risco de vida. Vamos ter as consequências disso daqui a 15 dias. Estamos nos preparando para o pior. Quanto mais a gente pede para não usar máscara, parece que é pior. Saímos de uma situação confortável para uma situação preocupante. Do jeito que está indo vamos ter que fechar praia porque não vamos ser coniventes com esse tipo de coisa”, lamentou.

Ainda durante a entrevista, ele revelou que a rede hospitalar pública, hoje, tem ocupação de 55% das enfermarias e 60% das UTI’s. Já a rede privada começa a dar sinais de colapso. A prefeitura vai ampliar os números de leitos para se preparar para o forte crescimento de casos da doença pós-carnaval.

Ainda durante a entrevista, ele disse que viu com perplexidade os casos de aglomerações registrados na Paraíba e, especificamente, em João Pessoa, durante o período do Carnaval 2021. No entanto, Fábio Rocha adiantou que a Prefeitura de João Pessoa (já está ampliando a estrutura de atendimento para tentar atender o máximo de pessoas após o aumento de casos pelo reflexo das aglomerações do Carnaval.

 

 

Paraíba.com.br

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *