Alexandre de Moraes mantém prisão de Roberto Jefferson

O ministro Alexandre de Moraes manteve nesta quarta-feira (13) a prisão preventiva do ex-deputado Roberto Jefferson. Detido há dois meses, Jefferson está desde 4 de setembro no Hospital Samaritano Barra, no Rio de Janeiro, onde passou por um cateterismo.

Na última segunda-feira (11), a defesa do presidente do PTB havia pedido ao STF a prisão domiciliar a Jefferson e alegou que o ex-deputado correrá “grave risco” de morte se sair do hospital e retornar à cadeia. Moraes recusou a solicitação e determinou que Roberto Jefferson volte à cadeia Bangu 8. Jefferson já pode ter alta do hospital desde a semana passada, informou o Hospital Samaritano.

Segundo Moraes, a prisão preventiva de Jefferson ainda é “imprescindível à ordem pública”. Essa avaliação foi feita pelo ministro em 31 de agosto, quando havia negado um pedido de habeas corpus do ex-deputado.

 

Brasil 247

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *