Anvisa e Polícia Federal entram em campo e param partida de Brasil e Argentina

Agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram em campo para retirar quatro jogadores da Argentina durante o primeiro tempo da partida contra o Brasil, neste domingo, na Neo Química Arena, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

São eles: o goleiro Emiliano Martinez, os meia Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero. Os quatro atuam na Inglaterra.

A bola estava rolando e o jogo foi paralisado com seis minutos de partida. Em seguida, todos jogadores da Argentina saíram e foram para o vestiário na Neo Química Arena.

Os quatro jogadores da Argentina foram ameaçados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de deportação, mas mesmo assim seguiram para o jogo. A Conmebol e a CBF entraram em contato com Governo Federal para administrar a situação.

O repórter Eric Faria, da TV Globo, flagrou conversa entre Tite, Lionel Scaloni, Messi, Neymar e outros jogadores. O craque argentino dizia:

– Por que não autuaram antes? – disse o jogador, já de colete, dentro de campo.

Ao questionar Scaloni se iria jogar, Eric Faria ouviu:

– Eu não decido – respondeu.

Durante a transmissão da partida, Galvão Bueno fez contato com Antonio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa, que explicou ao vivo na TV Globo a situação:

– São quatro jogadores. Eles, ao chegarem em território nacional, apresentam a declaração de saúde do viajante. Neste documento não falava que eles passaram por um dos três países que estão restritos, justamente para a contenção da pandemia. Mas depois foi constatado que eles passaram pelo Reino Unido. Foi constatado entre ontem de noite e hoje. Chegamos nesse ponto porque tudo aquilo que a Anvisa orientou, desde o primeiro momento, não foi cumprido. Eles tiveram orientação para permanecer isolados para aguardar a deportação. Mas não foi cumprido. Eles se deslocam até o estádio, entram em campo, há uma sequência de descumprimentos – disse o dirigente da Anvisa.

O protocolo de Covid-19 teve aceite de todos países que participam das competições da Conmebol – como Libertadores, Sul-Americana e, claro, Eliminatórias.

A portaria nº 655, de 23 de junho de 2021, estabelece regras para a entrada de estrangeiros no Brasil durante a pandemia de Covid-19, e diz o seguinte:

§ 7º O viajante que se enquadre no disposto no art. 3º, com origem ou histórico de passagem pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, pela República da África do Sul e pela República da Índia nos últimos quatorze dias, ao ingressar no território brasileiro, deverá permanecer em quarentena por quatorze dias.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *