Após queixa de padre durante missa, polícia fecha cabaré

No último domingo (16), durante um sermão na missa, o padre Luiz, da Paróquia de Santo Onofre, no município de Junco do Seridó, se queixou de que a igreja foi a última a poder abrir na cidade. ”Até cabaré já estava aberto”, disse.

Após a queixa, na noite desta quarta-feira (19), a Polícia Militar fechou um bar que funciona como uma espécie de cabaré. O “Bar das Coleguinhas” fica localizado às margens da BR-230 e ficou conhecido após o sermão do padre.

Durante o sermão, o padre subiu o tom e disse que não pretende fechar mais a igreja, mesmo se for recomendado pelas autoridades. ”Não me venham mais com decreto para fechar a igreja porque eu vou desobedecer. Pode me processar se quiser”, afirmou.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *