Aprovados em concurso de Alagoa Nova acusam prefeito de dificultar nomeação e entrarão com ação na Justiça

 

Aprovados no concurso da Prefeitura de Alagoa Nova reclamaram que o atual prefeito, Francinildo Pimentel, não reconhece o certame realizado na gestão passada e ameaça cancelar o concurso, deixando os classificados sem nomeação. O gestor alega que houve fraudes.
Os candidatos aprovados dizem que ele não apresentou provas da suposta fraude detectada no concurso. Segundo os inscritos, o prefeito perdeu em todas as ações judiciais.

Os aprovados denunciaram que Francinildo Pimentel nomeou de forma irregular vários comissionados, mesmo com o concurso em andamento.

“Os aprovados estão revoltados, pois o prefeito se nega a convocar os aprovados em um ato de abuso de poder e favorecimento de terceiros”, declarou o grupo que denunciou o caso ao ClickPB.

“Ele soltou um material dizendo que ia apurar as irregularidades. Ele quer achar irregularidade onde não tem. O concurso foi feito pela gestão anterior e ele não quer reconhecer por conta da questão política”, disse uma das aprovadas que procurou o ClickPB.

São 111 pessoas aguardando a nomeação do resultado que foi divulgado em dezembro e já foi homologado. “Ele só fica falando que quer anular. Desde que saiu o edital, ele entra na Justiça para tentar derrubar o concurso”, completou a aprovada.

Segundo a candidata, o grupo vai entrar com mandado de segurança coletivo, assim que for possível. “Até meados de fevereiro ainda é considerando período eleitoral, procuramos advogado e depois desse período vamos entrar com mandado coletivo. A gente se esforçou para passar e espera ter o resultado do esforço.”

O portal ClickPB não conseguiu contato com a Prefeitura de Alagoa Nova, até o final da tarde desta terça-feira (19).

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *