Arcebispo da Paraíba diz que a decisão para suspender celebrações presenciais foi tomada para “evitar que vidas sejam ceifadas”

O Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, disse nesta terça-feira (9) que a decisão de manter suspensas as celebrações presenciais foi tomada para “evitar que vidas sejam ceifadas”.

Em vídeo, Dom Manoel Delson chamou a atenção para a importância da solidariedade com os enfermos, os profissionais de saúde e a cooperação com as autoridades estadual e municipal. Ele também enfatizou a importância dos cuidados preventivos ao contágio da Covid-19.

“Queremos dar a nossa contribuição, limitando as atividades da nossa igreja àquilo que é possível sem aglomerações. As igrejas continuam abertas, os padres continuam atendendo as pessoas individualmente, as pessoas podem ir rezar nas nossas igrejas, de modo individual. É o que nós podemos fazer nesse momento”, explicou o arcebispo.

“Nos unimos, pedindo a Deus as melhores bênçãos, para que esse momento tão difícil passe o quanto antes. Pedimos que continuemos no isolamento social, usando máscara, álcool em gel e tomando todas as providências para que o coronavírus não continue ceifando vidas. A nossa contribuição é nesse sentido de evitar que vidas sejam ceifadas por essa pandemia. O que nós podemos fazer é não aglomerar, ficar em casa, evitar o contato com as pessoas e usando máscara, usando álcool em gel, lavando sempre as mãos e tendo todos os cuidados necessários de acordo com os protocolos de saúde”, disse o arcebispo.

“Estamos dando a nossa contribuição e colaborando com as autoridades do nosso estado e nosso município, e também com todos os agentes de saúde que estão nesse momento se imolando no cuidado daqueles que já estão hospitalizados. A saturação da rede de saúde é visível, os hospitais superlotados, e nós precisamos dar a nossa resposta, enquanto cidadãos e enquanto cristãos. Que Deus nos abençoe e nos proteja e vamos seguir com essas restrições, mas em demonstração da nossa solidariedade àqueles que estão enfermos, aqueles que trabalham nos hospitais, às autoridades que estão fazendo o possível e também às famílias que já tiveram seus entes queridos ceifados pelo coronavírus”, concluiu.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *