‘Bolsonaro me autorizou a iniciar o processo de transição’, diz Ciro Nogueira

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou nesta terça-feira (1º) ter recebido a “autorização” do presidente Jair Bolsonaro (PL) a iniciar o processo de transição até a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“O presidente me autorizou, quando for provocado, com base na lei, a iniciar o processo de transição. A presidente do PT, segundo ela em nome de Lula, disse que na quinta-feira será formalizado o nome de Geraldo Alckmin. Aguardaremos que isso seja formalizado para cumprimos a lei no nosso País”, disse o ministro em breve pronunciamento em Brasília.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, confirmou horas antes que o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) coordenará a transição pelo lado vencedor. A Nogueira caberá conduzir o processo na equipe do candidato derrotado.

O líder do Centrão se manifestou logo depois de Bolsonaro quebrar o silêncio de mais de 40 horas após a vitória de Lula. O ex-capitão não parabenizou o petista, criticou sem ênfase os bloqueios nas estradas por aliados e ainda mencionou “indignação” com o que chamou de “injustiças” na eleição.

 

 

Uol

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.