Carlos Lupi é a favor da candidatura de Lígia contra João e declara apreço por Ricardo Coutinho

O presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Carlos Lupi, defendeu o nome da atual vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT), como candidata ao Governo do Estado em 2022. O pedetista concedeu entrevista exclusiva a TV Arapuan na tarde desta quarta-feira (14). De acordo com o dirigente da legenda, mesmo fazendo parte do agrupamento do governador João Azevêdo (Cidadania), que é candidato à reeleição, ela seria um excelente nome para compor o quadro como candidata na eleição majoritária do próximo ano.

“Eu, de forma particular, gostaria de ver Lígia Feliciano candidata a governadora. Ela tem experiência, é mulher, já foi vice e tem preparo. É nosso direito postular e coloco isso para ser discutido pela sociedade da Paraíba”, afirmou Carlos Lupi durante entrevista exclusiva ao programa Rede Verdade, da TV Arapuan.

Carlos Lupi também aproveitou a oportunidade para abrir as portas do PDT e declarar seu apreço para o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que tem o nome especulado como candidato ao Senado Federal. No entanto, ele afirmou que essa discussão sobre composição de chapa tem que ser feita em âmbito estadual.

“Eu não conversei com Ricardo Coutinho, tenho por ele apreço e respeito. Nós apoiamos Ricardo Coutinho nas duas eleições que ele participou, Lígia já foi vice-governadora dele, o acho um homem honrado, de grande contribuição a Paraíba e ao Brasil. Acho que comentaram abusos e injustiças contra ele. Ricardo é um homem que qualquer partido do Brasil se sentiria honrado com a sua filiação. Mas essa filiação tem que ser discutida na Paraíba e com a sua direção”, disse durante a entrevista.

O presidente do PDT também foi questionado pelo jornalista Luís Torres sobre uma possível aliança com o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), que admitiu durante entrevista nesta quarta (14) que pretende disputar as eleições do próximo ano para o cargo de governador da Paraíba. Lupi afirmou que existe espaço para dialogo entre eles e que pode haver a abertura de uma terceira via em âmbito estadual com essa composição.

“Existe espaço, tem um diálogo bom e é um homem de bem. Temos um excelente diálogo e porque não? A política é feita de conversas e quem se isola morre sozinho. Nós precisamos ter diálogo e Cartaxo tem um grande nome no Estado, com diálogo aberto. Nós precisamos de um projeto estadual de desenvolvimento assim com o Ciro faz em âmbito nacional, se o Cartaxo quiser estar junto conosco porque não? Vamos discutir e fazer pesquisa, pois na política tudo é feito com diálogo”, disse o dirigente do PDT.

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *