Ciro Gomes suspende pré-candidatura à Presidência da República

Ciro anunciou na manhã desta quinta-feira (4) a suspensão da sua pré-candidatura à Presidência da República nas eleições de 2022. A decisão ocorre após o seu partido, o PDT, votar a favor da PEC do Precatórios, em sessão realizada durante a madrugada na Câmara dos Deputados.

“Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios”, afirmou.

Ele anunciou que sua pré-candidatura estará suspensa até que a postura da bancada seja reavaliada. “A mim só me resta um caminho: deixar a minha pré-candidatura em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição. Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo”, justificou Ciro.

Em sua página no Twitter ele ressaltou que não se pode compactuar com os “erros e falsas bolsonaristas”.

“Justiça social e defesa dos mais pobres não podem ser confundidas com corrupção, clientelismo grosseiro, erros administrativos graves, desvios de verbas, calotes, quebra de contratos e com abalos ao arcabouço constitucional”, pontuou.

Confira a sequência de publicações:

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *