Comporta do açude Cachoeira dos Cegos de Catingueira continua aberta

A reportagem do Blog do Jordan Bezerra esteve, na manhã desta terça-feira, 2 de março de 2021, no manancial Cachoeira dos Cegos, em Catingueira-PB, mais conhecido popularmente por Açude do Cego, para verificar uma denúncia dos moradores dos municípios de Catingueira e Emas, dando conta de que as comportas do reservatório continuam abertas desnecessariamente, segundo os moradores dessas cidades.

De fato, a comporta estava aberta e no grande volume, no momento em que a reportagem chegou ao local. Em 2020, o manancial atingiu quase 97% de sua capacidade, o que realmente torna desnecessário abrir a comporta, pois Catingueira foi um dos municípios onde mais choveu no último ano, ultrapassou os 1.700 mm (milímetros), o que significa que os açudes, riachos e reservatórios estão quase todos cheios e o nível de água reduziu pouco.

Só este ano de 2021, já choveu mais 250 mm e mesmo assim a comporta está aberta, pasmem os senhores em 1º de março completou 6 meses, infelizmente segundo moradores de Catingueira e Emas.

As populações estão preocupadas, pois em pleno inverno o desperdício de água continua, o manancial atualmente está com 73%, de sua capacidade hídrica.

 

Outro lado

A reportagem tentou contato na manhã desta terça-feira (2), com o Presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba-AESA, Porfírio Loureiro, sobre a denúncia das populações de Catingueira-PB e Emas, pois já completou 6 meses que a comporta do Açude do Cego está aberta.

O Presidente da AESA até o fechamento da matéria não respondeu às mensagens.  O Espaço do Blog do Jordan Bezerra continua aberto para os esclarecimentos da AESA.

 

 

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *