Covid-19: Nova mutação da Delta foi identificada nos Estados Unidos, aponta CDC

Diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, Rochelle Walensky afirmou que uma nova mutação da cepa delta do coronavírus, nomeada “AY4.2” e primeiro registrada no Reino Unido, foi identificada nos Estados Unidos. Ela ressaltou, porém, que a “subvariante” não foi encontrada em surtos da Covid-19.

Walensky também disse que não há evidência de que a AY4.2 diminui a eficácia das vacinas atualmente usadas no país. Segundo ela, na comparação dos últimos sete dias com a semana anterior, a média diária de casos de covid-19 entre americanos diminuiu 16%, a 75.572. Já as hospitalizações reduziram 10,7%, a 6.142, e os óbitos pela doença caíram 3%, a 1.260, seguindo o mesmo confronto.

Jeff Zients, um dos coordenadores da força-tarefa da Casa Branca contra a pandemia, disse que o governo americano tem doses suficientes para vacinar todas as crianças de 5 a 11 anos no país, e começará a fazê-lo assim que o Food and Drug Administration (FDA, a Anvisa americana) aprovar a aplicação dos imunizantes para esta faixa etária. Zients disse que a liberação deve ser dada nas próximas semanas.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *