Daniel Beltrammi confirma alta na taxa de transmissão da covid-19 na Paraíba

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, confirmou que há uma tendência de crescimento de casos de covid-19 no estado. Em vídeo, Daniel Beltrammi falou sobre a taxa de transmissibilidade de doença, chamada de taxa ‘R’, que demonstra tendência de crescimento nos últimos 15 dias.

A taxa R representa a capacidade de uma pessoa que tem covid-19 de transmitir a doença. Se a taxa for igual a 2, por exemplo, significa que uma pessoa com covid-19 tende a infectar mais duas pessoas com a doença.

De acordo com Daniel Beltrammi, em outubro a taxa R na Paraíba estava tendendo a 1 e, em alguns momentos, menor do que 1. Nos últimos 15 dias, porém, uma análise feita pela Secretaria de Estado da Saúde e pelo Laboratório de Síndromes Respiratórias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mostra que a taxa está apresentando tendência de crescimento, chegando a 1,3.

”Esta questão é preocupante”, disse Beltrammi. Segundo ele, essa evolução, somado ao aumento da ocupação dos leitos adultos, mostra uma tendência de crescimento de casos, e consequentemente de internações e óbitos pela doença.

O secretário pediu que a população mantenha o distanciamento social e os cuidados como uso de máscaras e lavagem de mãos. ”Todo esforço agora vale a pena. Não precisamos viver o que os Estados Unidos, a Europa e, agora, São Paulo estão vivendo”.

 

 

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *