Datafolha: 23% dos eleitores que votaram em Bolsonaro em 2018 agora dizem que votam em Lula

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” neste domingo (26), aponta que, entre os eleitores que votaram em Jair Bolsonaro no 2º turno em 2018, 26% não votariam nele novamente em 2022. Ela mostra ainda que 23% dos eleitores que votaram no atual presidente em 2018 agora dizem que votariam em Lula (PT).

A pesquisa aponta ainda os percentuais de avaliação do governo, confiança nas declarações do presidente e apoio à abertura de um processo de impeachment. Considerando essas questões, a pesquisa aponta que cerca de um quarto do eleitorado de Bolsonaro agora tem opinião de oposição ao presidente.

Veja a rejeição de eleitores de Bolsonaro em 2018 em relação a possíveis candidatos em 2022:

  • Lula (PT): 66%
  • João Doria (PSDB): 46%
  • Ciro Gomes (PDT): 40%
  • Bolsonaro (sem partido): 26%
  • Mandetta (DEM): 20%

A pesquisa mostra ainda que 23% dos eleitores que votaram em Bolsonaro em 2018 agora dizem que votariam em Lula em um eventual segundo turno entre os dois. Veja os números abaixo:

  • Bolsonaro (sem partido): 65%
  • Lula (PT): 23%
  • Nenhum, nulo ou branco: 12%

O Datafolha ouviu presencialmente 3.667 pessoas em 190 municípios brasileiros, entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. No caso da amostra de eleitores de Bolsonaro, a margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. ​

Avaliação do presidente
Entre os eleitores de Bolsonaro, 46% consideram a gestão do atual presidente ótima ou boa; 31% a consideram regular; e 22% a avaliam como ruim ou péssima.

Os números são o oposto da pesquisa que avalia a avaliação do governo no total da população. Neste cenário, 53% avalia a gestão Bolsonaro como ruim ou péssima; 24% a veem como regular e 22% a consideram ótima ou boa.

Confiança nas falas do presidente
Entre quem votou no presidente, 25% dizem que nunca confiam nas declarações dele, 34% sempre confiam e 40% às vezes confiam.

Quando analisado o grupo total de eleitores, os números mudam para 57% que nunca confiam no que o presidente diz; 28% confiam às vezes e 8% confiam sempre.

Congresso deveria abrir o impeachment?
A pesquisa Datafolha mostra que entre os eleitores, 24% acham que o Congresso deveria abrir o impeachment contra Bolsonaro, contra 73% que opinam que a Casa não deve fazer isso.

No total da população, a proporção é de 56% favoráveis ao impeachment de Bolsonaro e 41% contrários.

Intenção de voto em 2022
No principal cenário avaliado pelo Datafolha para o primeiro turno, a população declara voto em Lula (44%); Bolsonaro (26%); Ciro Gomes (PDT, 9%), João Doria (PSDB, 4%), Luiz Henrique Mandetta (DEM, 3%) e branco, nulo ou nenhum (11%).

Entre aqueles que votaram em Bolsonaro em 2018 a ordem é: Bolsonaro (56%); Lula (16%); Ciro (7%); Doria (6%); Mandetta (3%) e branco, nulo ou nenhum (9%).

 

 

G1

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *