Decretos da Covid-19: Procurador afirma que Estado vai cumprir o que for determinado pela Justiça

O Procurador Geral do Estado, Fábio Andrade afirmou na tarde desta quarta-feira (9) que o Governo do Estado vai cumprir o que for determinado pelo Tribunal de Justiça do Estado no se refere ao cumprimento do decreto sobre as determinações  para se  prevenir à Covid-19.  “A decisão do TJ é soberana e vale para todo o Estado e só nos cabe cumprir o que for decidido pela Corte”, disse o procurador, que foi o entrevistado do Programa Rede Verdade do  Sistema Arapuan de Comunicação.

No entanto, Fábio Andrade explicou que  a decisão sempre tomada para o decreto que for mais restritivo, que proteja mais e ofereça mais segurança para as pessoas e com isso evite maiores danos à saúde com a diminuição de internações e mortes por causa da doença. Com relações às restrições relativas ao comércio, o  Procurador explicou  que a intenção do Governo do Estado sempre foi de preservar a atividade econômica mas que nem sempre é possível uma compatibilidade entre todos os segmentos, mas que,  dentro do possível , e sempre respeitando as normas técnicas dos órgãos de saúde e com segurança, o comércio irá voltar a funcionar de forma gradual até que tudo esteja devidamente normalizado.

 

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *