Dedé Romão abandona obra de hospital em Pedras de Fogo e será denunciado ao MPPB pelo CRM; veja vídeo

O ex-prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão, deixou um hospital de grande porte inacabado e virou alvo de críticas do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), que irá elaborar um relatório e encaminhar ao Ministério Público Estadual (MPPB) com todas as informações sobre a obra paralisada.

Na última quinta quinta-feira (28), o vice-presidente do CRM, Antonio Henriques, e o conselheiro Conselho Bruno Leandro de Souza, visitaram a cidade a convite da secretária de Saúde, Kilza Ribeiro Alves, e inspecionaram o hospital.

De acordo com a a atual gestão, Dedé Romão recebeu a obra com as instalações físicas praticamente pronta e recursos em caixa para equipar e colocar o hospital em funcionamento, mas o ex-prefeito simples abandonou a unidade de saúde, que poderia atender à população local e de mais cinco municípios, em torno de 100 mil pessoas, com serviços de cirurgia, obstetrícia, ortopedia, clínica e pediatria. Assim, a construção do hospital nunca foi finalizada e nenhum paciente foi atendido, num total desrespeito ao uso adequado dos recursos públicos.

“Lamentável a obra não foi concluída. A estrutura inacabada surpreende pelo seu tamanho e dimensão. Certamente seria a solução para muitos dos problemas da população da região”, afirmou o vice-presidente do CRM, Antonio Henriques.

O conselheiro Bruno Leandro de Souza informou que o CRM-PB vai elaborar o relatório e encaminhá-lo ao MPPB cobrando providências. “Estaremos sempre vigilantes. O Conselho Regional de Medicina é parceiro, mas também órgão fiscalizador, para que obras como essa sirvam para o benefício da sociedade”, afirmou Bruno Leandro de Souza.

 

O Outro lado

A reportagem tentou ouvir o ex-prefeito para ele apresentar sua versão dos fatos, mas não obteve êxito. O espaço fica aberto para os seus esclarecimentos.

 

Blog do Critiano Teixeira

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *