Deltacron: nova cepa do coronavírus é identificada na Europa

Uma nova cepa do coronavírus, que mistura as características da delta e da Ômicron, foi identificada no Chipre, na região leste do Mediterrâneo Europeu. A variante “deltacron”, que infectou ao menos 25 pessoas no país, foi relatada pelo professor da Universidade do Chipre e chefe do Laboratório de Biotecnologia e Virologia Molecular, Leondios Kostrikis.

“Veremos no futuro se esta cepa é mais patológica, contagiosa ou se vai prevalecer”, disse Kostrikis à Sigma TV.

O professor ainda diz que o mais provável é que a variante não se torne prevalente, como atualmente é a ômicron. Segundo dados do site Our World in Data, gerido pela Universidade de Oxford, a Ômicron é responsável por mais de 95% das mostras sequenciadas geneticamente em laboratório no mundo. O restante ainda é relativo à delta.

A deltacron foi registrada em 7 de janeiro no banco de dados internacional que registra alterações do coronavírus, o Gisaid. Na última semana, pesquisadores franceses descobriram uma nova variante com origem no Congo – a IHU.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *