DEM tenta atrair Alckmin com controle total do partido em São Paulo

A tentativa de cooptação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) pelo DEM abriu um racha na legenda em São Paulo. A cúpula do partido teria oferecido o controle total do DEM no Estado caso Alckmin abandone as fileiras tucanas e migre para a sigla comandada pelo ex-prefeito de Salvador, ACM Neto. As negociações, porém, irritaram a direção estadual, controlada pelo presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite, que não aceita que o DEM entregue o comando local de “porteira fechada”.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de São Paulo, a atração de Alckmin entrou no radar do partido recentemente. Até então, o DEM está alinhado ao governador João Doria (PSDB) que tem planos de lançar o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) como seu sucessor. Garcia deixou o DEM e se filiou ao PSDB há três semanas e confirmou que pretende disputar a chefia do Executivo. Doria e Garcia, por sua vez, teriam prometido a Leite que a vaga de vice-governador na chapa ou a candidatura ao Senado seria dada a um representante do DEM.

Nesta linha, Alckmin vem entabulando conversas com prefeitos da Grande São Paulo e do interior do Estado. “Uma das ideias é que, ao anunciar a saída do PSDB, Alckmin consiga levar consigo alguns prefeitos tucanos também descontentes com a gestão Doria”, destaca a reportagem.

 

 

Brasil 247

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *