Deputado é afastado após caso de assédio e Isa Penna quer cassação do mandato

O Cidadania deciciu afastar o deputado estadual Fernando Cury, após a repercussão do caso de assédio, em que ele foi filmado passando a mão no seio da deputada Isa Penna (PSOL) durante sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na quinta-feira, (17). Nas imagens gravadas pelas câmaras da Alesp é possível ver o deputado apalpando o seio dela e o corpo da parlamentar que reage na mesma hora, empurrando ele e mostrando revolta com a situação.

Em comunicado, o Cidadania afirmou que a Comissão Executiva Nacional decidiu a afastar o deputado “de todas as funções diretivas partidárias, em todas as instâncias, bem como de todas as funções exercidas em nome do Cidadania, inclusive junto à Alesp”.

O deputado afirmou que não foi “informado oficialmente pelo partido” sobre o afastamento e que “não houve qualquer notificação de procedimento interno do Conselho de Ética”. “Tão logo seja formalmente comunicado, irei apresentar a versão dos fatos, exercendo assim meu direito de defesa”, disse.

Para Isa Penna, a decisão do Cidadania não é suficiente ela defende que ele “encerre a carreira política e deixe de ser deputado”. Para ela, essa é uma “obrigação moral e cívica” do Cidadania e também da Alesp. “Nós estamos falando de assédio em pleno plenário, em plena sessão, com todas as câmeras ligadas”, disse em entrevista ao CNN.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *