Derrota do voto impresso aumenta pressão sobre Lira para agir contra ameaças de Bolsonaro à democracia

Mesmo depois do fiasco da tanqueciata desta terça-feira (10), em Brasília, e da derrota na tentativa de aprovar o voto impresso, parte do mundo político não acredita em fim das ameaças golpistas de Bolsonaro e questiona qual será posição do presidente da Câmara.

Uma parte do mundo político considera que as ameaças do chefe do Executivo contra a democracia continuarão.

Mesmo entre aliados de Arthur Lira começa a circular a informação de que ele vai abandonar o barco bolsonarista se os ataques continuarem após a votação desta terça-feira, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

 

 

Uol

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *