colegio mesquita

Egito recupera sarcófago de 2,7 mil anos que havia sido contrabandeado para os EUA

Egito recupera sarcófago de 2,7 mil anos que havia sido contrabandeado para os EUA

Brasil
Joaquim
3 de janeiro de 2023
6

Um dos maiores sarcófagos de madeira já descobertos, contrabandeado para fora do Egito e que, até recentemente, estava em exibição em um museu dos Estados Unidos, foi devolvido nesta segunda-feira, anunciou o ministro das Relações Exteriores do Egito, Sameh Shoukry.

— Existem dois tipos de sarcófagos: os de restos da realeza e os de nobres. Este pertenceu a um nobre —, disse Mostafa Waziri, chefe do Conselho Supremo de Antiguidades.

Shoukry e Waziri falaram em entrevista coletiva no Ministério das Relações Exteriores, transmitida pela televisão. O sarcófago, de 2,94 metros de comprimento e 90 centímetros de largura, com a face pintada de verde, data do final do período faraônico, há cerca de 2.700 anos.

Na última década, o país conseguiu recuperar mais de 29.000 peças de antiguidades roubadas e vendidas fora do Egito.

Além disso, também anunciou várias descobertas importantes nos últimos meses, principalmente na necrópole de Saqqara, ao sul do Cairo. Em 2021 e 2022, mais de 300 sarcófagos e 150 estátuas de bronze foram reveladas, muitos com mais de 3.000 anos.

O Egito espera que estas novas descobertas reativem o turismo, muito afetado pela pandemia de covid-19, setor que emprega 2 milhões de pessoas e gera mais de 10% do PIB do país.

 

Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.