Em meio ao aumento de casos e mortes por Covid-19, Pazuello pede para deixar comando de ministério e alega problemas de saúde

O aumento no número de casos e mortes por covid-19 em todo o País levou à queda de mais um ministro da Saúde. Dessa vez foi o ministro Eduardo Pazuello, que alegou problemas de saúde e que precisaria de mais tempo para se reabilitar, segundo O Globo. Desde o início da pandemia, este é o terceiro ministro que deixa o cargo.

O pedido de afastamento coincide com o auge da pressão de deputados do Centrão, que pleiteiam mudança no comando da Pasta por considerarem que há má gestão durante a pandemia.

A entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi o estopim para a queda do ministro. As críticas do ex-presidente à condução da pandemia pressionaram o presidente Jair Bolsonaro a buscar ações mais duras no combate à pandemia.

No mesmo dia após a fala de Lula, Bolsonaro apareceu em um pronunciamento usando máscara e com declarações em defesa da vacina. O general Eduardo Pazuello, que já vinha sofrendo críticas por parte de uma ala militar, não resistiu ao avanço da pandemia e neste domingo veio a informação de que ele deixaria o ministério.

De acordo com O Globo, pessoas próximas ao presidente já entraram em contato com dois médicos cardiologistas cotados para substituir Pazuello: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

 

 

Istoé

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *