Empaer triplica silagem de sorgo em Estação de Pesquisa e recomenda prática aos criadores

A preocupação com a alimentação dos animais que integram o rebanho objeto de pesquisa em suas estações experimentais levou a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), a recomendar também aos criadores o armazenamento do sorgo em silagem para utilização em período de longas estiagens.

A prática tem dado tão certo que o armazenamento de sorgo em silagem na Estação Experimental Veludo da Empaer, no município de Itaporanga, no Vale do Piancó, triplicou neste ano. Em 2020 foram 50 toneladas e, em 2021, cerca de 155 toneladas foram armazenadas, que, oportunamente, havendo necessidade, serão utilizadas como complemento da alimentação dos animais.

No ano passado, nesta estação, foram armazenadas 50 toneladas de milho e sorgo, o que serviu para alimentar os 57 animais bovinos da raça pardo-suíço que integram o plantel de pesquisa durante a estiagem.

A silagem de sorgo e milho também aconteceu na estação experimental Pendência, em Soledade, onde foram armazenadas aproximadamente 40 toneladas de feno, que serão utilizadas na alimentação do plantel de 600 caprinos e ovinos.

As estações de pesquisas em Alagoinha, Tacima e Umbuzeiro se preparam para armazenar sorgo e milho.

 

Cristiano Teixeira

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *