Ex-prefeitos viram alvos do MPPB após denúncia de falta de repasse de contribuições sindicais e do INSS

Dois ex-prefeitos paraibanos vão responder a inquéritos civis no Ministério Público após denúncias de falta de repass de contribuições sindicais e do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Tratam-se da ex-prefeita de Joca Claudino, Jhordanna Lopes, e o ex-prefeito de Poço Dantas, José Gurgel Sobrinho.

As medidas foram publicadas na edição dessa quarta-feira (12), do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público da Paraíba.

De acordo com o documento, a ex-gestora de Joca Claudino está sendo apontada por reter valores a título de contribuição sindical dos servidores sem o devido repasse ao sindicato.

A representação foi protocolada por Maria dos Remédios Martins de Oliveira.

Já em Poço Dantas, o ex-prefeito José Gurgel Sobrinho responderá a inquérito civil após delação anônima de ter deixado de repassar as contribuições patronais ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), nos anos de 2018, 2019 e 2020.

A reportagem disponibiliza o espaço para que os citados possam se pronunciar a respeito dos fatos.

 

 

 

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *