Famup lamenta morte de Maranhão e destaca importância do seu trabalho para municipalismo paraibano

A Federação das Associações dos Municípios Paraibanos (Famup) lamentou, na noite desta segunda-feira (8), a morte do senador da Paraíba pelo MDB, José Maranhão, ocorrida em decorrência de complicações da covid-19. O parlamentar tinha 87 anos e estava no Hospital Villa Nova Star, em São Paulo.

“Zé Maranhão construiu uma história de conquistas e desenvolvimento para nossa Paraíba, principalmente pelo fortalecimento do municipalismo. Fez muito pelos municípios paraibanos. Apesar da perda, ele deixa um legado na política paraibana que serve de exemplo e inspiração para muitos que trilham o caminho da política”, lamentou o presidente da Famup, George Coelho, lembrando que a sede da Famup foi doada pelo Governo do Estado, na gestão de José Maranhão.

Aos familiares e amigos, George deixou uma prece. “Que Deus possa confortar o coração dos familiares, amigos e todos aqueles que tiveram a alegria de compartilhar a vida com o inesquecível Zé Maranhão. Força e fé para este momento!”, rogou.

Maranhão foi diagnosticado com o novo coronavírus no dia 29 de novembro, data do segundo turno das eleições de 2020, na Paraíba.

José Targino Maranhão –  Conhecido como Zé Maranhão e nascido na  cidade de Araruna foi empresário e político. Atualmente ocupava o cargo de senador pela Paraíba, pelo MDB. Foi deputado estadual, deputado federal, vice-governador e governador do estado da Paraíba em três ocasiões. Em 2018, concorreu ao governo da Paraíba pelo MDB, ficando em terceiro lugar, com 17,44% dos votos válidos, sendo derrotado ainda no primeiro turno das eleições.

 

Assessoria

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *