Fundador do PCC morre por complicações da Covid-19

Um dos fundadores da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), o presidiário José Márcio Felício, 60, o Geleião, morreu na manhã desta segunda-feira (10) por causa da Covid-19, no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, na capital paulista. Ele era o último dos fundadores do grupo ainda vivo.

O detento foi internado no centro da capital em 9 de abril após ter o pulmão comprometido em 50%. Felício era hipertenso e estava no sistema prisional havia mais de 40 anos.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, até a última sexta-feira (7) 50 presos haviam morrido após complicações da Covid-19. O sistema paulista tem atualmente cerca de 212 mil presos.

 

Uol

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *