Governador da Paraíba lança programa que disponibiliza notebooks para professores

O governador João Azevêdo lançou, na noite dessa terça-feira (1º), o Programa Paulo Freire – Conectando Saberes, que prevê investimento de R$ 51,6 milhões a fim de estimular a inclusão digital dos educadores da rede estadual de ensino de forma a melhorar a qualidade da educação básica por meio da valorização dos profissionais no processo de execução pedagógica do Plano Estadual de Educação da Paraíba (PEE/PB), bem como, do Plano Educação para Todos em Tempos de Pandemia (PET/PB). Os professores que estão na ativa – 17.209 estão aptos a participarem – receberão um abono de R$ 3 mil para aquisição de um computador portátil.

O chefe do Executivo ainda anunciou a realização do “Progr{ame}-se: Programa Meninas na Ciência e Tecnologia”, que irá incentivar nas escolas a presença das meninas nas ciências, exatas, tecnologias e engenharias, a fim de fomentar projetos de pesquisa, tecnologia e inovação. Além disso, o Governo Estadual irá fornecer aos estudantes e professores da rede estadual de ensino uma franquia mensal de pacote de dados de, no mínimo 20GB, a ser realizado por meio de um SIM CARD 3G/4G, que permite a conexão por diferentes operadoras.

O lançamento dos programas ocorreu durante a abertura do “I Seminário Transformação Digital na Educação e na Ciência e Tecnologia: práticas inovadoras e criativas”, uma realização do Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT-PB), em parceria com o Sebrae Paraíba. O evento se estende até esta quinta-feira (3), transmitido pelo canal no YouTube da SEECT-PB.

A abertura foi feita pelo governador João Azevêdo, de forma remota, sendo sucedido pelos integrantes do Primeiro Painel, secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado; o superintendente do Sebrae, Walter Aguiar; o presidente da Undime Paraíba, Michael Lopes e representando os estudantes da Rede Estadual de Ensino, a egressa Glenda Targino. O historiador Leandro Karnal ministrou a palestra principal. A audiência, neste primeiro dia, ultrapassou 14.500 acessos com a presença on-line de professores, técnicos, gestores e estudantes das 14 Regionais de Ensino da Paraíba, além de público de diversos estados.

O governador João Azevêdo destacou as exigências dos novos tempos vivenciados por todos e que novas visões de mundo precisam estar integradas ao ensino nas escolas públicas. “Esse é o nosso desafio na gestão pública, fazer com que a escola acompanhe o mesmo ritmo de inovação ao qual nossas crianças passaram a ter acesso nos últimos anos”. Ele lembrou que mais de 54 milhões de estudantes em todo o Brasil foram retirados das salas de aula, enquanto se buscavam soluções digitais que permitissem a continuidade do ensino.

O integrante da Assessoria de Comunicação da SEECT, jornalista Luís Eduardo, que apresentou o evento, conduziu rodadas de perguntas aos integrantes do Primeiro Painel, os quais relataram suas experiências frente às mudanças ocorridas desde o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020.

O secretário Cláudio Furtado comparou a atual ruptura com um marco histórico. “O Século XX estaria acabado historicamente agora. É como se fosse a tomada de Constantinopla [evento que finalizou o Império Bizantino]. Essa pandemia, em termos de tecnologias para a educação, foi a queda de Constantinopla: a escola não será mais a mesma, essas ferramentas serão utilizadas e temos que pensar sempre, como falou nosso governador, em dar melhores condições para os professores continuarem com essa revolução na educação”.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *