Harrison Targino diz que OAB-PB não pode ter viés político partidário

O advogado Harrison Targino, que disputa as eleições da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB) como nome da situação apoiado pelo atual presidente, advogado Paulo Maia, durante entrevista ao programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação nesta terça-feira (26), defendeu uma relação republicana entre os personagens que disputam o pleito, mas apontou que a classe não pode ter viés político partidário.

A declaração de Harrison Targino acontece após questionamentos de adversários na disputa que defendem o distanciamento entre os partidos políticos e a classe para que não aja ‘politização’ dentro da entidade. Provocado sobre o tema, ele apontou que a OAB-PB não pode ser refém de partidos ou pessoas, mas que deve existir diálogo.

“Eu diria que a OAB não deve ser nunca refém das circunstâncias, atores ou partidos políticos. Ela não pode ter viés político partidário e é por isso que na nossa chapa tem gente de Centro, Esquerda e de Direita, que vai do PCdoB ao PSL, de modo a garantir que a OAB possa ser a defesa da advocacia de todos. Ela não pode ter partido, o partido é a advocacia e a ideologia é a Constitucional”, disse.

“Exerci funções públicas, como todos os outros, em graus diferentes. Um em serviço público doando de si e se olhar bem o currículo de cada um, alguns estiveram como assessores em vários e tantos governos, outros exercendo funções de governo, porque faz parte das relações de vida a possibilidade se doar ao público também”, concluiu Harrison Targino.

(assista a partir de 7m52)

Sobre

Mestre em Direito pela PUC-SP, já exerceu inúmeras funções públicas como procurador-geral do Estado, Secretário de Educação, Secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária.

Também foi Juiz do TRE-PB, Diretor da Faculdade de Direito da UEPB e membro do Conselho Universitário da UEPB e da PUC-SP. Na área acadêmica, leciona no UNIPÊ e na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Foi conselheiro estadual e membro de comissões nacionais da OAB (Ensino Jurídico, Exame de Ordem, dentre outras). Atualmente é Conselheiro Federal da OAB pela Paraíba.

Foi conselheiro estadual e membro de comissões nacionais da OAB (Ensino Jurídico, Exame de Ordem, dentre outras). Atualmente é Conselheiro Federal da OAB pela Paraíba.

Errata:

Às 16:04 o Portal Paraíba publicou a informação que o advogado Harrison Targino defende o diálogo entre OAB-PB e partidos políticos. A citação correta é: Harrison Targino diz que OAB-PB não pode ter viés político partidário.

Atualizado às 18:03

 

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *