Inmet emite novo alerta de chuvas para João Pessoa e mais 62 cidades da PB; veja lista

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu nesta sexta-feira (13) um novo alerta de acumulado de chuva para 49 cidades da Paraíba e outro de perigo potencial de chuvas intensas para mais 14 municípios paraibanos. Os dois avisos valem até 10h de amanhã (14).

Para as cidades que estão sob alerta de acumulado de chuva, há previsão de chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. Também existe baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com áreas de risco.

Já nas cidades sob o alerta de chuvas intensas, há previsão de chuva entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia e ventos intensos entre 40 e 60 km/h nas cidades listadas. Existe baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. Confira a lista completa:

Cidades em alerta de perigo de acumulado de chuva

  • Alagoinha
  • Alhandra
  • Araçagi
  • Baía da Traição
  • Bayeux
  • Belém
  • Caaporã
  • Cabedelo
  • Caiçara
  • Caldas Brandão
  • Capim
  • Conde
  • Cruz do Espírito Santo
  • Cuité de Mamanguape
  • Cuitegi
  • Curral de Cima
  • Duas Estradas
  • Guarabira
  • Gurinhém
  • Itabaiana
  • Itapororoca
  • Jacaraú
  • João Pessoa
  • Juripiranga
  • Lagoa de Dentro
  • Logradouro
  • Lucena
  • Mamanguape
  • Marcação
  • Mari
  • Mataraca
  • Mogeiro
  • Mulungu
  • Pedras de Fogo
  • Pedro Régis
  • Pilar
  • Pirpirituba
  • Pitimbu
  • Riachão do Poço
  • Rio Tinto
  • Salgado de São Félix
  • Santa Rita
  • São José dos Ramos
  • São Miguel de Taipu
  • Sapé
  • Serra da Raiz
  • Sertãozinho
  • Sobrado
  • Tacima

Cidades em alerta de perigo potencial de chuvas intensas

  • Bernardino Batista
  • Bom Sucesso
  • Brejo dos Santos
  • Jericó
  • Joca Claudino
  • Lagoa
  • Lastro
  • Poço Dantas
  • Poço de José de Moura
  • Santa Cruz
  • São João do Rio do Peixe
  • Triunfo
  • Uiraúna
  • Vieirópolis

Recomendações

Nesses municípios, o Inmet recomenda que em caso de rajadas de ventos as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas. Também não se deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. É necessário evitar, ainda, usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Caso haja algum problema, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.