”Já estamos numa terceira onda”, diz secretário de Saúde da Paraíba sobre pandemia no estado

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou, em entrevista ao ClickPB nesta sexta-feira (11), que acredita que a terceira onda da pandemia de covid-19 já chegou, e que nós estamos nela. ”Acho que nós já estamos na terceira onda há alguma semanas, isso é notório”, disse.

”O problema é que, no Brasil, a curva não se comportou como no resto do mundo”, completou. Geraldo Medeiros explicou que, em outros países, houve uma queda acentuada dos casos e depois um crescimento, formando realmente uma onda na curva de contaminação. No Brasil, porém, essa queda acentuada nunca existiu.

”Nós ficamos praticamente num platô”, comentou. Ou seja, o número de casos sempre esteve alto, em alguns momentos mais e outros menos, mas não houve uma curva muito expressiva.

Apesar disso, o secretário pontuou que, com a vacinação total dos idosos, este grupo já tem adoecido menos e se internado menos. Além disso, as medidas restritivas impostas no estado, com a restrição da circulação nos fins de semana, têm mostrado resultado e a ocupação de leitos hospitalares já teve uma pequena queda.

De acordo com o boletim diário divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nessa quinta-feira (10), a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado era de 76%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 73%. Em Campina Grande estão ocupados 78% dos leitos de UTI adulto e no sertão 93% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, ao todo, 977 pacientes estavam internados nas unidades de referência.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *