João confirma previsão de vacina para 21 de janeiro; logística quer usar avião apreendido com cocaína para distribuir em 24h

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), confirmou nesta segunda-feira (28) a previsão de que a Paraíba receba as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 no dia 21 de janeiro. A declaração foi dada durante o programa ‘Fala, Governador’.

“A nossa expectativa é que no dia 21 de janeiro tenhamos na Paraíba a chegada das primeiras vacinas para mais rapidamente, em 24 horas, iniciar a distribuição para todos os municípios”, disse.

Ele revelou que o Estado pediu à Justiça para utilizar o avião apreendido no Estado com cocaína, em Catolé do Rocha. A aeronave, de grande porte, deve trazer agilidade à distrubuição.

“A Paraíba esta pronta. A Secretaria de Saúde já elaborou um plano de vacinação para sua logística de distribuição, colocaremos caminhões, aeronaves. Solicitamos à justiça para utilizar esse avião apreendido em Catolé do Rocha transportando drogas, avião de maior porte. É preciso que a gente possa vencer esse momento”, destacou.

Azevêdo comentou ainda os trâmites burocráticos que faltam ser realizados para a chegada da vacina à população. O país tem capacidade de produzir 80 milhões de doses por mês, disse.

“O Brasil tem todas as condições de implantar uma campanha de vacinação eficiente pela estrutura que tem, de mais de 30 mil postos de vacinação, e que termos na Fiocruz uma capacidade de produção de 20 milhões e podendo chegar a 30 milhões de doses da vacina Oxford-Astrazeneca, e no Instituto Butantan de produzir 30 milhões por mês. No dia 30 de janeiro, inicia a produção da vacina Sputnik, de produzir 20 milhões por mês. Está faltando as autorizações entre fabricante e Anvisa”, revelou.

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *