Juiz anula conta de luz no valor acima de R$ 10 mil no Vale do Piancó

O juiz da Vara Única de Conceição anulou uma fatura de energia elétrica no valor de R$ 10.852,12 aplicada a um consumidor no município. O processo foi deferido nessa segunda-feira (18).

O autor da ação afirmou que a cobrança indevida foi totalmente desproporcional ao que vinha pagando em suas faturas.

Em defesa, a Energisa, concessionária da Paraíba, alegou que a quantia foi relacionada a desvios de fornecimento. A empresa relatou que os técnicos descobriram fraude no consumo.

O magistrado afirmou que restou demonstrada fraude, conforme fotos e demais documentos constantes nos autos, que demonstram o uso de artifício para diminuição da conta de energia elétrica. Porém, a cobrança dos valores ocorreu por um lapso temporal, bem acima de 90 dias fixados pelo STJ.

Dessa forma, o juiz declarou inexistente a dívida e determinou a devolução dos valores que foram pagos pelo cliente para sanar a fatura.

 

 

Diamante Online

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *