Juiz decreta prisão de motorista envolvido em acidente em Itaporanga

O juiz Antônio Eugênio, da 2ª Vara da Comarca de Itaporanga decretou, nessa terça-feira (24), a prisão preventiva de Vanilson César Lourenço Dantas, envolvido em um acidente que vitimou Edineudo Daniel da Silva na última segunda-feira (23). O suspeito havia sido preso em flagrante.

Na decisão, o magistrado descreveu a evidente materialidade e a autoria delitiva do homicídio culposo de trânsito majorado, notadamente pelos depoimentos testemunhais, bem como pelo laudo de exame traumatológico da vítima.

O documento ainda ressaltou que as circunstâncias demostraram que Vanilson negou pronto e imediato socorro a Edineudo, quando podia fazê-lo; ainda que tenha agido com negligência, caberia a ele prestar socorro à vítima a fim de ao menos tentar minimizar as consequências de seus atos, sem temer a possibilidade de sofrer uma restrição de liberdade. Mas assim não agiu, tentando homiziar-se da responsabilidade.

Diante do exposto, o juiz converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva para assegurar a ordem pública, a aplicação da lei penal e a conveniência da instrução criminal.

 

 

 

Diamante Online

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.