Juíza suspende realização de concurso público em Pitimbu

A juíza Daniere Ferreira de Souza, de Caaporã, determinou a suspensão, com urgência, do concurso público para a Prefeitura de Pitimbu, sob pena multa diária no valor de R$ 200,00 (duzentos reais), limitada ao valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais). A juíza também deu o prazo de 30 dias para contestação, sob pena de revelia.

A decisão ocorreu porque, devido ao estado de calamidade pública decretado em virtude da pandemia de covid-19, os estados e municípios afetados pela doença ficaram proibidos, até 31 de dezembro de 2021, de admitir ou contratar pessoal, a qualquer título; realizar concurso público, exceto para as reposições de vacâncias.

A alegação é que o município não tem vacância de cargos, tendo somente aumentado o número de cargos já existentes para fazer o concurso, o que vai de encontro à legislação vigente.

O concurso, cujas inscrições terminaram no dia 9 de agosto, teria 310 vagas para contratação imediata e mais 310 para cadastro de reserva em 62 diferentes cargos de nível médio e superior. Seriam realizadas duas provas, uma só para a guarda Municipal, no dia 20 de setembro, e outra para os 61 cargos restantes no dia 27 de setembro.

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *