No Vale do Piancó, mãe suspeita de matar filho bebê é indiciada por homicídio

A investigação sobre a morte do bebê que foi deixado no chão de uma casa, na zona rural da cidade de Pedra Branca, foi concluída.

Após a conclusão do laudo do Instituto de Perícia Criminal (IPC) foi identificado que a criança nasceu e respirou, o que significa que o crime poderia ser classificado como infanticídio ou homicídio. O infanticídio foi descartado, uma vez que é classificado pela alteração do estado puerperal da mãe.

De acordo com o delegado, durante o depoimento dado pela mulher foi revelado que a mesma não queria ter o filho desde a sua concepção. “Ela negou a gravidez para todo o mundo, não fez pré-natal, não teve acompanhamento médico. Desde o início da gravidez que ela não teve nenhum cuidado.

O crime ocorreu em novembro do ano passado. A mãe acusada, logo depois do parto, abandonou o bebê no chão da casa, onde veio a óbito.

 

 

 

G1

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *