Marcelo Queiroga detalha estratégias de vacinação para 2022

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou hoje (8) sobre quais serão as abordagens do governo federal em relação à vacinação contra covid-19 para o ano de 2022. Queiroga detalhou ajustes no Plano Nacional de Imunização (PNI) e de estratégias de distribuição e aplicação das vacinas ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Pela primeira vez, os gestores da pasta explicaram alguns dos detalhes já conhecidos da próxima rodada de vacinação. De acordo com o governo, após reunião e debates com especialistas, já está previsto para o próximo ano:

  • Uma dose para pessoas de 18 a 60 anos;
  • Duas doses para pessoas com mais de 60 anos e imunossuprimidos;
  • Vacinação por faixa etária decrescente, e não por grupo de risco;
  • Vacinação seis meses após a imunização completa em 2021 ou dose de reforço;
  • Duas doses para novos públicos, se houver ampliação (crianças e adolescentes);
  • Vacinação heteróloga: cada vacinado recebe imunizante diferente do aplicado no ano anterior;
  • Ao todo, devem ser necessárias 340 milhões de doses;
  • Utilização apenas de vacinas com registro definitivo pela Anvisa, o que exclui atualmente a CoronaVac.

 

Assista na íntegra:

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *