Mesmo sem urgência no processo político da Paraíba, já é possível identificar Romero candidato da direita e a implosão oposicionista no MDB

É claro, muito evidente, que vivemos sob a priorização das medidas para conter a COVID em larga escala atualmente, mesmo assim é possível enxergar alguns movimentos políticos a afetar 2022 na Paraíba.

A começar pelo ímpeto do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, de assumir de vez sua camisa bolsonarista, ou seja, será candidato ao Governo pela bandeira da ultradireita no Estado. Este é um campo delimitado e que tem efeito direto muito além de Campina Grande.

No paralelo desta opção ideológica, no MDB também está evidente que a intenção do ex-candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira, de comandar o partido na linha de Oposição ao governador João Azevêdo é matéria morta e sepultada porque com a cena futura do partido unindo os Paulino aos Vital , a batida do bumbo implode este intento.

O MDB marchará em favor da reeleição do governador, portanto, é caso para se consolidar nos próximos dias.

Dentro deste contexto futurista resta saber o que caberá aos partidos de esquerda depois do tsunami que desabou sobre o então maior líder, Ricardo Coutinho, vivendo momentos de muita decadência por tudo o que se sabe.

Vamos acompanhando cada passo.

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *