Mikika diz que vai pedir expulsão de Roberto Paulino do MDB: “Não aceitamos traidores”

O presidente do MDB em João Pessoa e membro da Executiva Estadual, vereador Mikika Leitão, afirmou que vai propor no próximo encontro de correligionários a expulsão do ex-governador da Paraíba, Roberto Paulino, dos quadros da legenda. A declaração aconteceu durante o programa Arapuan Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação desta quinta-feira (14).

Segundo Mikika, Roberto Paulino, que era até a semana passada vice-presidente do MDB da Paraíba e foi destituído do cargo, estaria supostamente traindo a legenda ao se posicionar contrário à pré-candidatura do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) ao Governo do Estado e apoiar a reeleição do governador João Azevêdo (PSB).

“Como membro da estadual, eu vou convocar uma reunião onde vai ser votada e eu tenho certeza que todos vão acatar o meu pedido de expulsá-lo do partido porque não aceitamos traidores”, disse o vereador ao Sistema Arapuan de Comunicação.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.