Ministro da Saúde escolhe médico critico da cloroquina para montar protocolo contra Covid-19

O novo ministro da Saúde, médico paraibano Marcelo Queiroga, escolheu Carlos Carvalho, professor da Universidade de São Paulo (USP), para coordenar um grupo sobre protocolos de tratamento de combate à Covid-19 a ser implantado no Sistema Único de Saúde (SUS).

O docente é um dos maiores críticos do País sobre a utilização da cloroquina, remédio sem comprovação científica para o tratamento contra o coronavírus e defendido por Jair Bolsonaro.

Embora tenha tido seu nome anunciado pelo ministro, ele não terá um cargo específico. “Me comprometi a ajudar nesse momento crítico. Não farei parte de ministério”, afirmou Carvalho.

 

Agência Brasil

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *