MP apura se ex-prefeito se apropriou de contribuições previdenciárias de servidores na Paraíba

A promotora de Justiça, Sarah Araújo Viana de Lucena, determinou a abertura de um inquérito civil nº 001.2021.055216 para que providências sejam adotadas em razão dos fortes indícios da prática de apropriação indébita previdenciária relativa ao não recolhimento de contribuição previdenciária descontadas dos segurados do Instituto de Previdência de Cajazeiras.

A medida foi publicada na edição dessa terça-feira (26) do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público.

De acordo com a publicação, as supostas irregularidades teriam sido cometidas no exercício de 2012, durante a gestão do ex-prefeito Carlos Rafael.

O documento não traz mais detalhes sobre a denúncia e o volume de recursos que teriam sido supostamente desviados.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *