MPE dá parecer pela impugnação de mandatos dos deputados estaduais Chió, Dr. Érico e João Bosco Carneiro

O Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer favorável à impugnação do mandato eletivo dos deputados estaduais Doutor Érico (Cidadania), João Bosco Carneiro Júnior (Cidadania) e Chió (Rede), todos eleitos em 2018. O MPE identificou possível fraude na formação da coligação proporcional “Força do Trabalho V”, formada pelo Democratas, Rede Sustentabilidade, PMN e PPS (hoje Cidadania), por meio dos registros de nove candidaturas femininas, supostamente “laranjas”, que teriam trabalhado em favor de outras candidaturas.

Segundo a manifestação do procurador Regional Eleitoral, Rodolfo Alves Silva, o ato teria comprometido a lisura do processo eleitoral. O parecer ministerial segue para análise do juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha, relator do processo no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), que pode colocar a matéria em pauta nos próximos dias.

O processo foi movido pela coligação A Força da Esperança II”, que pede a impugnação de 68 candidatos, incluindo os três deputados eleitos. A ação tem por base suspeitas de falsidade em candidaturas femininas apenas para o preenchimento de quota de gênero de 30% na eleição, e apropriação de verbas do Fundo Especial de Financiamento de Campanha feminina.

 

 

Wscom

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *