Mulher detalha suposto abuso sexual cometido por suspeito da morte de Anielle

Uma mulher se apresentou na manhã desta sexta-feira (10), na Delegacia da Mulher, em João Pessoa, e afirmou ter sido vítima de estupro. O suspeito é José Alex, acusado da morte da menina Anielle Teixeira, de 11 anos, que teve o corpo encontrado próximo a uma mata no bairro de Miramar na última quarta-feira (8).

Em entrevista exclusiva ao Sistema Arapuan de Comunicação, a vítima, que preferiu não se identificar, relatou que foi abordada na saída do local onde trabalha, na Orla de João Pessoa, ao lado do namorado, e ambos foram rendidos supostamente por Alex, que dizia está em posse de uma arma de fogo.

Ainda segundo a vítima, ele levou ambos até a faixa de arreia, as amarrou e praticou o ato sexual contra ela. Em seguida, Alex saiu supostamente correndo. Eles conseguiram pedir ajuda e procuraram a Polícia. O crime aconteceu no mês de agosto do ano passado.

“Nós já vínhamos fazendo diligencias, tínhamos em mente que era uma outra pessoa, mas quando apresentamos as imagens, as vítimas negaram que tinha sido ele. Novamente apresentamos outras imagens, dessa vez de José Alex, e eles reconheceram. Ela ouviu e assistiu os vídeos divulgados pela imprensa e reconheceu a voz. Estamos agora em contato com o diretor do presídio para dá prosseguimento ao interrogatório”, disse a delegada Amindonzele Carneiro, responsável pelo caso.

 

 

Portal Paraíba

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *