Na Paraíba: Violência doméstica contra crianças e adolescentes cresce 41,2% em um ano; maus tratos chega a 278%

A Paraíba registrou alta de 41,2% em um ano nos casos de lesão dolosa por violência doméstica contra crianças e adolescentes. A informação é do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28), que apontou também crescimento de 278,3% nos registros criminais de maus tratos.

Os casos de estupro de vulnerável entre as crianças e adolescentes da Paraíba apresentaram um aumento de 52,9%. Ao fazer um recorte por gênero, o número de meninas vítimas de estupro no estado cresceu 616,9% em 2021. O Anuário aponta que 88,2% das vítimas de estupro de vulnerável no Brasil são meninas, e 79,6% dos autores é conhecido.

Maus tratos

O estado registrou alta de 41,2% nos casos de lesão dolosa por violência doméstica contra essa faixa etária, em 2021. Para o juiz da infância e adolescência Adhailton Lacet, esses dados podem ser reflexo da pandemia, quando as crianças e adolescentes passaram a permanecer em casa por mais tempo.

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.