colegio mesquita

Novo ministro da Justiça quer solucionar Caso Marielle é “questão de honra”

Novo ministro da Justiça quer solucionar Caso Marielle é “questão de honra”

Brasil
Joaquim
3 de janeiro de 2023
4

O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, o ex-governador do Maranhão Flávio Dino, afirmou, nesta segunda-feira (2), que solucionar o caso de Marielle Franco é “questão de honra” para o Estado brasileiro. Ele foi empossado nesta tarde e citou uma conversa que teve com a também ministra (Igualdade Racial) a irmã da ex-vereadora do Rio de Janeiro, Anielle Franco.

“Eu disse à ministra Anielle e a sua mãe que é uma questão de honra do Estado brasileiro empreender todos os esforços possíveis e cabíveis, e a Polícia Federal assim atuará, para que esse crime seja desvendado definitivamente e nós saibamos quem matou Marielle e quem mandou matar Marielle Franco naquele dia no Rio de Janeiro”, afirmou o ministro.

Caso Marielle

Em 2018, Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram assassinados a tiros depois de saírem da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. Um carro branco disparou diversos tiros, alvejando a vereadora e o motoristas, que morreram na hora. As investigações, por outro lado, tiveram diversas trocas, e agora está na posse do quinto delegado até então, da Polícia Civil.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz como os assassinos de Marielle e de Anderson. Os ex-PMs, presos em penitenciárias federais fora do RJ, vão a júri popular, ainda não marcado. Contudo, ainda não tem informação de quem mandou matar Marielle Franco e as motivações do crime.

MaisPB com g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.