Opera Paraíba inicia mutirão de 250 cirurgias de catarata no Hospital de Clínicas

O aposentado Cícero Gomes, de 68 anos, morador da cidade de Massaranduba, já não conseguia enxergar bem quando recebeu o diagnóstico de catarata. A solução era uma cirurgia. E, na manhã deste sábado (30), ele conseguiu realizar o procedimento. O paciente é um dos contemplados do mutirão de cirurgias oftalmológicas do programa Opera Paraíba, que está acontecendo até a próxima terça-feira (02).

“Eu enxergava tudo embaçado e o médico disse que o único jeito era eu fazer a cirurgia. Graças a Deus, fiz e já estou indo pra casa”, disse o aposentado.

Durante os quatro dias, o mutirão vai beneficiar 250 paraibanos que aguardavam na fila pelo procedimento. O funcionário público Severino Santos, de 51 anos, do município de Guarabira, também é um deles. Prestes a entrar no centro cirúrgico, ele fez questão de agradecer pela oportunidade.

“Eu gostaria de agradecer ao governador pelo empenho, por essa caravana de cirurgias e à equipe de profissionais do Hospital de Clínicas, que me atendeu muito bem”, disse.

De acordo com o diretor geral do Hospital de Clínicas, o médico Jhony Bezerra, a proposta é ampliar a quantidade de procedimentos na unidade a partir de novembro. “Estamos realizando até terça-feira, esse mutirão de cirurgias de catarata, beneficiando 250 paraibanos, e queremos chegar a 900 cirurgias eletivas por mês, entre outras especialidades. O importante é diminuir a fila de espera no estado”, explicou.

Após a retomada do programa, em agosto, mais de 2.800 cirurgias de catarata já foram realizadas no estado pelo Opera Paraíba.

 

 

Click PB

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *