Organização Mundial da Saúde detecta novos casos de ebola no Congo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (18) que foram detectados três novos casos de ebola na República Democrática Oriental do Congo. Já são cinco os casos identificados em apenas dez dias.

Para as autoridades de saúde, o surto está relacionado ao de 2018-20, que matou mais de 2.200 pessoas e infectou mais de 3 mil.

Os casos mais recentes foram detectados no distrito sanitário de Butsili, perto da cidade de Beni, onde ocorreu o último surto, informou a OMS em nota.

Do cinco casos confirmados até agora, três pessoas morreram.

De acordo com a OMS, após grandes surtos podem ocorrer outros, causados ​​por infecções latentes que permanecem no sêmen dos sobreviventes.

Em fevereiro deste ano, foi detectado um aumento de casos, controlado em maio. Nesse período, seis pessoas morreram.

No país, as vacinas têm mostrado impacto significativo no controle do ebola. Na semana passada, os médicos começaram a vacinar os contatos das pessoas que estavam infectadas, usando um imunizante da Merck, uma das duas vacinas contra disponíveis contra o ebola. A outra é fabricada pela Johnson & Johnson.

Assine nosso boletim de notícias

Receba gratuitamente em seu email todas as notícias que acontecem no vale do Piancó, na Paraíba e no mundo, assine já, é grátis, digite seu melhor e-mail no compo abaixo e click no botão Assinar.

Falta pouco

Confirme sua assinatura gratuita seguindos o passo a passo abaixo:

Joaquim Franklin

Formado em jornalismo pelas Faculdades Integradas de Patos-PB (FIP) e radialista na Escola Técnica de Sousa-PB pelo Sindicato dos Radialistas da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *